Atualizado em 11/12/2019 15:35:07
Rua General Daltro Filho, 772 - CEP 97.900-000 | Telefones: (55) 3359 1613 | E-Mail: contato@uricl.com.br
Logo URI Cerro Largo
Direito
NOTÍCIAS
Encontre artigos com assuntos específicos utilizando a caixa de busca abaixo. Digite o termo e tecle ENTER.
Publicado em 02/12/2019 22:14:47
por Ivana Ten Cathen Schnorrenberger
4º semestre de Direito realiza júri simulado
Visualizada por 501 pessoas.
Esta notícia possui fotos adicionais
O julgamento de três réus, acusados de assassinato, movimentou o auditório da URI Cerro Largo na noite de sexta-feira, 29. 

O fato de dois dos três réus terem sido inocentados e um condenado por pena mínima talvez gerasse revolta em parte da audiência se não fosse um detalhe: o júri era simulado, uma proposta pedagógica que envolveu os acadêmicos do 4º semestre do Curso de Direito.

Investidos dos papéis de promotores, defensores, testemunhas, réus, conselheiros de sentença, oficial de justiça, juíza e até de seguranças do julgamento, como acontece na realidade, os estudantes cumpriram o ritual previsto em um júri, com audição das testemunhas, apresentação das teses de acusação e defesa, a votação e decisão do júri popular até o anúncio da sentença pela juíza. 

Foi o primeiro júri da turma, que caprichou na preparação dos argumentos para convencer o júri, nos depoimentos e na caracterização das personagens, que ajudou na incorporação dos papéis. 
Os acadêmicos envolvidos buscaram inspiração em livros, casos forenses recentes e até em filmes para executar suas performances. 

À medida que o julgamento transcorria, defesa e acusação, compostas por três estudantes cada, se revezaram em réplicas e tréplicas até as considerações finais, exercício que estimulou a oratória, o raciocínio rápido e lógico e a desenvoltura diante do público. 

- Foi válido para todos, tanto por poder aplicar o conteúdo na prática como trabalhar as habilidades pessoais, como a desinibição e a desenvoltura – coloca o acadêmico José Renan Petri, um dos advogados de defesa.

Para ele, o mais difícil foi encontrar o caminho a seguir em meio aos depoimentos e argumentos da acusação que eram desconhecidos até o momento do julgamento.    

Outros objetivos da dinâmica foram debater o tema, fundamentar um argumento na lei, tomar um posicionamento e amadurecer o senso crítico.

Professores e comunidade externa acompanharam atento cada colocação e o encaminhamento das atividades, orientadas pelas professoras Alini Taborda e Evelyne Freistedt. 

Segundo as professoras, o júri simulado permite que sejam discutidos vários pontos de um mesmo tema, auxiliando no processo de construção e desconstrução de conceitos e desenvolvendo habilidades e competências. 

 - A atividade desenvolvida também instiga o senso crítico e mostra a importância das instituições para os estudantes, que poderão escolher melhor as carreiras jurídicas. É uma área que envolve muita teoria e, nesse sentido, as atividades práticas trazem uma vivência que farão a diferença na vida dos futuros profissionais do Direito.
Mais imagens vinculadas