Atualizado em 08/11/2019 19:11:10
Rua General Daltro Filho, 772 - CEP 97.900-000 | Telefones: (55) 3359 1613 | E-Mail: contato@uricl.com.br
Logo URI Cerro Largo
NOTÍCIAS
Encontre artigos com assuntos específicos utilizando a caixa de busca abaixo. Digite o termo e tecle ENTER.
Publicado em 04/11/2019 15:22:06
por Ivana Ten Cathen Schnorrenberger
Bolsistas apresentam pesquisas em Seminário de Iniciação Científica
Visualizada por 198 pessoas.
Esta notícia possui fotos adicionais
Professores e bolsistas envolvidos em projetos de extensão do curso de Ciências Contábeis da URI Cerro Largo, apresentaram as pesquisas no último dia 31, no XXV Seminário Institucional de Iniciação Científica realizado no campus da URI  Santo Ângelo.

O tema do evento este ano foi “Pesquisa e extensão: ampliando horizontes na formação acadêmica”, que visou discutir a importância da pesquisa e extensão no processo da formação acadêmica e profissional do estudante, possibilitando uma visão sensível às necessidades da sociedade.

Um dos projetos apresentados, intitulado “Sustentabilidade: a Contabilidade como mecanismo de verificar os efeitos financeiros diante do discurso”, revela que o discurso socioambiental de algumas empresas nem sempre estão relacionados com uma liderança de destaque no mercado como pode se imaginar.  

O trabalho analisou os relatórios de sustentabilidade/GRI das empresas do segmento de papel e celulose listadas na BM & FBovespa, fazendo a correlação dos valores encontrados com as ações socioambientais expostas pelas entidades.

“O principal resultado foi que os índices de correlação, quando elevados, são isolados, portanto não mostra que as empresas que mais discursam sobre sustentabilidade sejam as empresas que possuam os melhores resultados”, diz Lucas Seffrein Zorzo, professor orientador do projeto de autoria da acadêmica Bianka Luiza Welter Pereira.

 O outro projeto levado ao seminário foi “Levantamento de Dados da População da Terceira Idade no município de Cerro Largo/RS: Impactos Socioeconômicos", das bolsistas Cristiane Skalinski e Isabela Preichardt.

Através de questionários, as acadêmicas coletaram informações de como essa população é importante social e economicamente,  com seus gastos mais elevados nas áreas da saúde e alimentação.

 “Constatou-se que é uma população em crescimento e que impacta fortemente na economia e na configuração da sociedade”, avalia o orientador.

A pesquisa com o detalhamento dos dados será apresentada em dezembro para as entidades da Terceira Idade.
Mais imagens vinculadas