Atualizado em 05/08/2021 21:57:12
Rua General Daltro Filho, 772 - CEP 97.900-000 | Telefones: (55) 3359 1613 | E-Mail: contato@uricl.com.br
Logo URI Cerro Largo
NOTÍCIAS
Encontre artigos com assuntos específicos utilizando a caixa de busca abaixo. Digite o termo e tecle ENTER.
Publicado em 27/04/2015 | 17:22:27
Papo Uriversitário: Entrevista com Adriana e Professor Luiz Valentim Zorzo
Visualizada por 3069 pessoas.
Durante o mês de abril a CPA (Comissão Própria de Avaliação da URI Cerro Largo) estará apresentando aos acadêmicos os resultados da auto avaliação institucional realizada no segundo semestre do ano de  2014, e para falar sobre esse assunto participam hoje do nosso papo o Presidente da Comissão Professor Luiz Valentim Zorzo juntamente com a secretária Adriana Paula Guil Adams. 

1. A CPA é um instrumento institucionalizado, ou seja, ele já é aplicado em todos os câmpus da universidade, mas afinal qual é o papel dessa comissão própria da avaliação da URI?
RESPOSTA PROFESSOR LUIZ VALENTIM ZORZO: A Comissão própria de avaliação interna é um instrumento que faz parte do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação das Instituições de Ensino Superior), criado pela Lei 10.861 de 14 de abril de 2004 e está associado com a melhoria da qualidade do Ensino Superior, bem como a execução dos compromissos com responsabilidade das sociais firmadas pelas universidades. Essa lei exigiu que fosse implantada então em todas as universidades a Comissão Própria da Avaliação da Unidade, os outros instrumentos de avaliação que o Ministério de Educação tem é o ENADI que é o Exame Nacional dos Cursos que os alunos fazem todo o final do curso e as fiscalizações em loco do Ministério da Educação.

2. Como funcionam os questionários, digo o que foi levado em consideração para a criação das questões, são seguidas normas do Ministério da Educação ou isso é a própria universidade que possui autonomia para preparar?
RESPOSTA PROFESSOR LUIZ VALENTIM: O Ministério da Educação na mesma Lei que criou SINAES ela dividiu a avaliação por dimensões, então nós temos que ao elaborar os questionários nós temos que levar em conta a missão e o plano de desenvolvimento institucional, nós temos que levar em conta ainda a política para ensino para pesquisa e após a Pós Graduação, a extensão e as normas de operacionalização, temos que considerar nós questionários a responsabilidade social da instituição, a comunicação com a sociedade, as políticas de pessoal, de carreira do corpo docente, e o corpo técnica administrativa e seu aperfeiçoamento, a organização e gestão institucional, a infraestrutura física o planejamento e a avaliação especialmente em relação aos processos resultados e eficazes e a política de autoatendimento à estudante a egressos e finalmente a sustentabilidade financeira.
3. Adriana, como funciona a coleta dos dados, como, quando e onde os acadêmicos tem a oportunidade de expor a sua avaliação sobre a universidade?
Resposta da Adriana: Bom, os alunos respondem ao questionário da avaliação que é diretamente enviado para o banco de dados da reitoria e fica sobre proteção dela. E quando for encerrada o período das avaliações é enviado para nós os resultados que serão analisados e publicados ao público interessado é possível expor as opiniões na ouvidoria da URI ou através das sugestões e críticas que podem serem escritas no questionário online ou através da caixa de sugestão que está sendo criada.

4. As informações dos alunos são passadas para a reitoria pelo portal de aluno da Uri na internet, mas como a instituição mantém o sigilo dessas informações, afinal estão amparados pela garantia de não ter as respostas identificadas, certo?
Resposta do Professor Luiz Valentim Zorzo: A instituição, a URI ela promete e garante aos alunos o sigilo das informações, então por isso que os alunos fazem a sua avaliação no portal do aluno e esses dados caiem diretamente no processamento de dados da reitoria, depois de encerrados as avaliações a reitoria nós encaminha apenas os resultados, então a URI não tem como identificar quem fez a avaliação e o que respondeu.

5. Adriana quais são as suas atividades de compilação dos dados até elaborar o resultado da avaliação?
Resposta da Adriana: O meu trabalho é organizar reuniões da CPA, conferir documentação necessária, elaborar e publicar os informativos e relatórios que servem de suporte para verificar se o que foi solicitado pelos acadêmicos e professores foi devidamente executado.

6. Vocês agora com essa avaliação em mãos estão indo as turmas expor o mesmo e deixar todos por meio desse relatório, afinal é normal que seja apontada as fragilidades da universidade, mas o proposito é sempre desasnar essas fragilidades e com isso terceirizou- se a cantina e o xerox, ainda no ano passado foram investidos o equivalente a  R$ 22.324,00 em livros que são específicos dos cursos e também títulos diversos, por fim a URI também ampliou a rede da Internet para uma banda dedicada. Quais são os pontos que vocês mais dão atenção ao expor o resultado do relatório nas turmas?
Resposta do professor Luiz Valentim Zorzo: Dentro do rendimento da universidade do Ministério da Educação esse resultado nós temos que divulgar aos professores e aos alunos, mas a função principal assim da avaliação é comparar o Programa de desenvolvimento institucional da URI com o que ela está realizando e em cima disso analisar os dados, as informações que os alunos avaliaram e dar o retorno para eles, então muitas coisas que foram apontadas na avaliação a URI já realizou como climatizadores em todas as salas, a terceirização da cantina, a terceirização do xerox, ampliação da biblioteca, ampliação da informática, na medida em que vai surgindo as demandas dentro das possibilidades da universidade ela está fazendo acontecer.

7. Além de dar a sua opinião sobre a estrutura física da Universidade os alunos também avaliam os professores e os funcionários da instituição, mais uma vez lembrando que a avaliação não é identificada, ninguém tem como saber quais foram as respostas da cada participante da avaliação, mas a questão é, como é repassado, como são repassados os resultados da avaliação dos professores a eles?
Resposta do Luiz Valentim Zorzo: Os professores eles recebem, por exemplo, a avaliação do segundo semestre de 2014 eles só receberam no inicio do começo de 2015, então eles receberam os resultados e na reunião do inicio do ano que nós fizemos do colegiado dos cursos, nós analisamos todas as respostas, os percentuais com os professores e cada professor recebeu a sua avaliação e agora nós estamos indo de sala em sala apresentando aos alunos o que eles avaliaram e como os professores avaliaram eles, a mesma questão que é feita pelo aluno em relação a disciplina é feita ao professor, então nós mostramos para o aluno o que que eles responderam naquele requisito e o que que os professores responderam e mostramos para eles os principais pontos positivos que foram citados na avaliação e os pontos negativos e também mostramos para eles outras (que tem várias), outras observações que é feita na avaliação que a gente não considera nem critica e nem um ponto positivo é uma sugestão, algum comentário que o aluno faz e a gente mostra pra eles o que foi feito e ai a gente já pega um retorno deles na hora já aponta pra leva pra direção, quem toma as decisões mesmo é a direção, a CPA a função dela é apenas avaliar.

8. E apesar do aluno não ser obrigado a fazer esse questionário, aqui em Cerro Largo o índice de participação é o recorde, ou seja, nós somos a unidade onde mais percentualmente os acadêmicos participam da avaliação, está certo?
Resposta do professor Luiz Valentim Zorzo: É aqui na nossa unidade é a que tem percentual com a maior participação de todas as unidades da URI, porque não é obrigatório, então a gente faz uma conscientização entre os alunos e além disso cada avaliação conta para o aluno como 1 hora de atividade complementar, então se o aluno fizer as duas avaliações em um ano ele tem 2 horas de atividade complementar por ano.